Justiça restabelece auxílio-doença por liminar e, em sentença, o converte em aposentadoria por invalidez.

Em demanda patrocinada pelo escritório Geraldo Marcos Advogados, uma segurada do Regime Geral de Previdência Social ingressou com ação pleiteando o restabelecimento do benefício previdenciário auxílio doença e/ou concessão da aposentadoria por invalidez, mediante a declaração de nulidade do cancelamento do auxílio-doença e a condenação do INSS na obrigação de fazer concernente a restabelecer o benefício cancelado ilegalmente, enquanto perdurar a condição de incapacidade para o trabalho; bem como a condenação no pagamento dos proventos vencidos, tudo corrigido monetariamente e acrescido de juros de mora. Sucessivamente, requereu a condenação do INSS ao pagamento de danos morais em virtude do cancelamento do benefício de forma arbitrária e ilegal.

No início do processo, a título de tutela antecipada, a segurada logrou o restabelecimento do Auxílio Doença. Posteriormente, na sentença, a Exma. Juíza Federal da 15ª Vara da Seção Judiciária de Minas Gerais julgou parcialmente procedentes os pedidos da segurada e retificou a tutela antecipatória concedida para determinar, de imediato, a substituição do benefício auxílio doença pelo benefício de aposentadoria por invalidez, com seus efeitos legais e patrimoniais desde a data do requerimento administrativo.

Por disposição legal, esta decisão será reexaminada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Outrossim, visando a condenação do INSS ao pagamento de danos morais, a segurada interpôs recurso de apelação neste ponto.

Processo relacionado: nº 1863-57.2009.4.01.3800 – JFMG.

0

Postagens relacionadas

Desaposentação: Decisão judicial concede…

Em demanda patrocinada pelo escritório Geraldo Marcos Leite de Almeida & Advogados Associados, uma segurada do INSS pleiteou o reconhecimento de seu direito de renunciar ao benefício de aposentadoria por…
Consulte Mais informação

Justiça Federal de Minas…

Uma professora aposentada da Escola de Farmácia e Odontologia da UNIFAL, através de ação patrocinada pelo escritório Geraldo Marcos & Advogados Associados, conquistou judicialmente o reconhecimento do direito à conversão…
Consulte Mais informação

Bancários de Belo Horizonte…

Na última quinta-feira, dia 3 de setembro, foi publicado no Diário do Judiciário da Justiça Federal, decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região que deu ganho de causa ao…
Consulte Mais informação