Direito Civil

Banco do Brasil foi condenado a restituir ao cliente os valores perdidos pelo “golpe do motoboy”

homem segurando celular

Cliente do Banco do Brasil foi vítima do “golpe do motoboy” no qual, um golpista liga se passando por empregado de banco ou da administradora do cartão, dizendo que este foi clonado ou que possui compras suspeitas e orienta a vítima a solicitar o cancelamento do cartão. Para tanto, pede ao cliente que digite alguns […]

Justiça Condena Banco Em Danos Morais e na Devolução Em Dobro de Valores Descontados Indevidamente da Conta Corrente de Professor Universitário.

Em sentença proferida na 12ª Vara Cível da Comarca de Belo Horizonte, o BANCO DO BRASIL foi condenado a restituir em dobro valores que foram descontados da conta corrente de um professor sem a sua prévia e expressa autorização. No caso, o professor sofreu durante anos deduções em sua conta referentes a entidades para as […]

Superior Tribunal de Justiça Rescinde Decisão Que Considerava Prescrito Prazo para Pedir Expurgos Inflacionários da Poupança.

Em processo patrocinado por Geraldo Marcos Advogados, a Ministra Isabel Gallotti do Superior Tribunal de Justiça, deu provimento a um recurso aviado por um ex-correntista da Minas Caixa e rescindiu uma decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais que declarava que o prazo prescricional da ação era de apenas 5 (cinco) anos. À época […]

Escritório Geraldo Marcos Advogados obtém vitórias em ações de cobrança dos expurgos econômicos em Cadernetas de Poupanças.

O Escritório Geraldo Marcos Advogados já patrocinou com êxito dezenas de ações de cobrança dos expurgos inflacionários sobre as cadernetas de poupança. Como é de amplo conhecimento, por ocasião das edições dos Planos Econômicos Bresser, Verão, Collor I e Collor II, os saldos das cadernetas de poupança não foram corrigidos pelos índices estabelecidos em lei. […]