Dezembro Vermelho: Campanha Nacional de Prevenção ao HIV/Aids – Nosso escritório apoia essa causa

O mês de dezembro é marcado pela campanha “Dezembro Vermelho”. Instituída pela Lei nº 13.504/2017, a data é marcada pela mobilização nacional na luta contra o vírus HIV, a Aids, bem como de outras ISTs (infecções sexualmente transmissíveis). Dessa forma, a ação visa conscientizar a população para a prevenção, a assistência e a proteção dos direitos das pessoas acometidas pela patologia.

Este ano, a campanha tem como tema “Diga não ao preconceito. Previna-se! Faça o teste! HIV tem tratamento e a Aids pode ser evitada”. O objetivo é fazer um alerta sobre a importância da testagem e da prevenção para a redução do número de casos, já vez que, muitas vezes, as pessoas não procuram os postos de saúde para tratar a doença por medo e pelo receio de sofrerem com o preconceito.

A campanha é realizada de acordo com os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS), em parceria com toda a administração pública, com entidades da sociedade civil organizada e organismos internacionais.

Como em todos os anos, em 2021, a ação promoverá a iluminação de prédios públicos com luzes de cor vermelha, palestras e atividades educativas, veiculação de campanhas de mídia e a realização de eventos para mobilizar a população ao enfrentamento ao HIV/Aids e às demais ISTs.

Dados da doença

A estimativa é de que, no mundo, 38 milhões de pessoas vivem com HIV, sendo 1,7 milhão de crianças até 14 anos. Dados de 2020 também expõem que houve 690 mil óbitos em razão da doença.

No Brasil, a estimativa é de que 920 mil pessoas são acometidas pela patologia, com 89% dos diagnósticos realizados. Contudo, apenas 77% estão em tratamento.

A Aids é a doença causada pela infecção do Vírus da Imunodeficiência Humana. Esse vírus, do tipo retrovírus, ataca o sistema imunológico, responsável pela defesa do organismo contra doenças.

Tratamento e prevenção

Os pacientes soropositivos, que têm ou não Aids, podem transmitir o vírus para as pessoas através de relações sexuais desprotegidas, pelo compartilhamento de seringas contaminadas ou geneticamente de mãe para o filho durante a gravidez e a amamentação, quando não tomam as devidas medidas de prevenção. Por isso, é de suma importância que os testes sejam feitos para que a proteção seja feita em todas as situações.

Todas os diagnosticados com HIV têm direito a iniciar o tratamento, de forma imediata, com os medicamentos antirretrovirais, a fim de poupar o seu sistema imunológico. Esse coquetel de medicamentos impede que o vírus se replique dentro das células T CD4+ e evita, assim, que a imunidade diminua acentuadamente e que a Aids se manifeste.

O uso do preservativo, tanto o masculino, como também o feminino, devem ser usados em todas as relações sexuais (orais, anais e vaginais). Este é o método mais eficaz para evitar a transmissão das IST, do HIV/Aids e das hepatites virais B e C.

O escritório Geraldo Marcos Advogados ressalta a importância da campanha de combate ao HIV. O compartilhamento das informações, bem como o apoio a causa são essenciais para que possamos mobilizar e conscientizar a sociedade quanto a prevenção e o tratamento precoce da Aids e de outras infecções sexualmente transmissíveis. Ainda, salientamos que, amparados pela Constituição, estamos na luta para garantir o respeito e o direito de todos os cidadãos que são acometidos pela doença.

Fonte: Geraldo Marcos Advogados, com informações UNAIDS, Secretária de Saúde do Distrito Federal e Biblioteca Nacional de Saúde do Ministério da Saúde

Imagem: Freepik

0

Postagens relacionadas

Banco é condenado por…

Nos termos do Código de Defesa do Consumidor, quando há dano ao consumidor, independentemente de qualquer indagação relacionada à culpa, a instituição financeira responde objetivamente pelo evento. Assim entendeu a…
Consulte Mais informação

Dia Internacional Contra a…

Hoje, fazemos um chamamento à toda sociedade para nos unirmos na luta contra a Homofobia, a Transfobia e a Bifobia. É fundamental que combatamos o preconceito e a violência que…
Consulte Mais informação

Atenção: não caia no…

O Escritório Geraldo Marcos Advogados alerta para o fato de que bandidos estão se passando por escritórios de advocacia, inclusive utilizando o nome do nosso, com fotos e logotipo roubados…
Consulte Mais informação