Justiça Reconhece Natureza Salarial do Auxílio Alimentação e Condena o Banco Itaú S.a Ao Pagamento de Reflexos

A 8ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região manteve decisão proferida pelo Juiz do Trabalho Antônio Gomes de Vasconcelos, que havia reconhecido a natureza salarial do auxílio alimentação fornecido a um empregado do Itaú, determinando a integração da parcela à remuneração do autor.

O banco recorreu da sentença, sustentando, em resumo, que deveriam prevalecer as disposições da norma coletiva que estabelecem expressamente a natureza indenizatória do auxílio alimentação.

A Turma Julgadora, contudo, rejeitou a tese do banco. Para o TRT/MG restou devidamente comprovado nos autos por alguns anos após a admissão o bancário recebeu a verba denominada “Auxílio Alimentação” em pecúnia, sendo que à época não havia qualquer norma coletiva dispondo que a natureza do auxílio era indenizatória. Acrescente-se que nos autos ficou evidenciado que o Itaú somente aderiu ao PAT (Programa de Apoio ao Trabalhador) em 1º/07/2008, o que não ensejava alteração na natureza da verba percebida pelo trabalhador que havia sido admitido em novembro de 1986.

Com suporte em tais fundamentos, o TRT/MG manteve a sentença e a condenação do banco no pagamento dos reflexos do auxílio em férias + 1/3, 13º salário, PLR, horas extras pagas nos contrachegues juntados aos autos e FGTS.

Autos de nº 0002206-26.2014.5.03.0183

0

Postagens relacionadas

Instrutores de motoescola de…

A 7ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho deferiu o pagamento do adicional de periculosidade a instrutores de motocicleta de uma autoescola de Campinas (SP). Para o colegiado, o tempo…
Consulte Mais informação

Trabalhadora que sofreu ofensas…

"Coisa de mulher" e "loira burra" foram alguns dos dizeres confirmados por testemunhas. Trabalhadora que sofreu assédio moral por parte do chefe, que proferiu ofensas machistas, será indenizada pela empresa…
Consulte Mais informação

Justiça do Trabalho determina…

Em decisão liminar proferia nos autos da Ação Civil Pública, patrocinada pelo escritório GERALDO MARCOS E ADVOGADOS ASSOCIADOS, na qual o SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIIMENTOS BANCÁRIOS DE BELO HORIZONTE…
Consulte Mais informação