Aposentados da PREVI podem pedir revisão dos benefícios na justiça.

Os bancários do BB que foram admitidos antes de 24 de dezembro de 1997 e que se aposentaram pela PREVI depois desta data podem reivindicar na justiça a revisão da complementação de suas aposentadorias. Em dezembro de 1997, a PREVI e o BANCO DO BRASIL S/A reformaram o regulamento dos benefícios, alterando a forma de cálculo da suplementação dos proventos pagos pelo INSS, acarretando enorme prejuízo para aqueles que se aposentaram a partir de então.

O escritório Geraldo Marcos Advogados já atuou com êxito em casos similiares. As perdas podem chegar a 1/4 (um quarto) do valor da complementação de aposentadoria. Além da revisão dos benefícios futuros, os segurados podem receber ainda as diferenças não pagas nos últimos 5 (cinco) anos, monetariamente corrigidas e acrescidas de juros de mora a partir da notificação do BB e da PREVI na ação judicial.

O escritório lembra que a Justiça do Trabalho já pacificou que: “A complementação dos proventos da aposentadoria é regida pelas normas em vigor na data da admissão do empregado, observando-se as alterações posteriores desde que mais favoráveis ao beneficiário do direito.” (Súmula 288 do TST).

0

Postagens relacionadas

Desaposentação: Decisão judicial concede…

Em demanda patrocinada pelo escritório Geraldo Marcos Leite de Almeida & Advogados Associados, uma segurada do INSS pleiteou o reconhecimento de seu direito de renunciar ao benefício de aposentadoria por…
Consulte Mais informação

Justiça Federal de Minas…

Uma professora aposentada da Escola de Farmácia e Odontologia da UNIFAL, através de ação patrocinada pelo escritório Geraldo Marcos & Advogados Associados, conquistou judicialmente o reconhecimento do direito à conversão…
Consulte Mais informação

Bancários de Belo Horizonte…

Na última quinta-feira, dia 3 de setembro, foi publicado no Diário do Judiciário da Justiça Federal, decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região que deu ganho de causa ao…
Consulte Mais informação